Logo

Agência Sergipe
de Notícias

Notícia

Hospitais Regionais registram 3.499 atendimentos no fim de semana

Maior número de atendimento foi em no hospital Regional de Nossa Senhora do Socorro, um total de 531. Já o Huse registrou 457 e a Maternidade Nossa Senhora 94
10 de Dezembro de 2018 | 15:24

O último fim de semana foi de intenso fluxo para os Hospitais Regionais geridos pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), mais o Hospital Universitário Monsenhor João Batista de Carvalho Daltro, em Lagarto, mas com a grande demanda vem também a eficiência das equipes gestoras que têm em seus quadros técnicos proativos e que juntos dão resolutividade ao intenso fluxo nas unidades hospitalares.

Em Nossa Senhora do Socorro, por exemplo, foram 402 atendimentos clínicos, 76 na pediatria e 53 na obstetrícia, totalizando 531 atendimentos. Em Nossa Senhora da Glória, foram 511 atendimentos, destes,  300 na  clínica médica, 79  atendimentos na pediatra, cinco na sala de sutura, 35 avaliações da obstetrícia, cinco partos e nenhuma curetagem.

No Hospital Regional de Propriá  ocorreram 714 atendimentos, assim distribuídos: 302 na clínica médica, 251 clínica pediátrica, 74 clínica cirúrgica e 58 clínica ortopédica. Na maternidade ocorreram, ainda, 29 partos e 13 acidentes de motos. Já o Hospital de Itabaiana teve um grande fluxo de pacientes e realizou 757 atendimentos com 396 acolhimentos, 91 na ortopedia, 160 na sutura, 103 na observação pediátrica e seis consultas ambulatoriais. Foram contabilizados, ainda, 46 acidentes motociclísticos.

O Hospital Regional de Estância contabilizou 302 atendimentos clínicos, realizou 93 105 cirúrgicos e 102 crianças deram entrada no atendimento pediátrico, totalizando 509 atendimentos. Os atendimentos assistenciais realizados no Hospital Universitário de Lagarto (HUL-UFS) Monsenhor João Batista de Carvalho Daltro, foi registrado um fluxo de 477 pacientes, contabilizando a classificação de risco da seguinte forma:  65 Azul/Branco( não urgente) , 285 Verde( pouco urgente), 115 Amarelo( urgente), nove Laranja (muito urgente),  três Vermelho (emergência).

O hospital Regional de Socorro atendeu 531 pacientes distribuídos nas seguintes  especialidades médicas:  402 na clínica médica, 76 na pediatria, 53 na obstetrícia.


Maternidade Nossa Senhora de Lourdes

Já a Maternidade Nossa Senhora de Lourdes, gerida pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), através da Fundação Hospitalar da Saúde (FHS), assegurou atendimento a 94 usuárias do Sistema Único de Saúde (SUS) durante o balanço do final de semana. No período de 7 a 9 de dezembro , a unidade recebeu essas pacientes, em sua maioria de baixa complexidade, sendo 47 internamentos, 47 atendimentos com altas e três transferências. 

“Os plantões foram considerados tranquilos, mantivemos a média de atendimentos de baixa complexidade. Três transferências foram realizadas durante o final de semana, desafogando a MNSL para melhor assistir as pacientes de forma qualificada. Não houve caso de violência”, disse a gerente de Admissão, Adhara Shuamme Bento Fraga.
 
No Centro Cirúrgico da instituição, foram contabilizados 49 procedimentos, entre eles 41 partos, cinco curetagens e três cirurgias obstétricas, informou a gerente do Centro Cirúrgico, Camilla Tâmara Farias Santos.

Assim como todas as unidades inseridas no SUS, a Maternidade Nossa Senhora de Lourdes funciona no regime de porta aberta, prestando assistência a todas as pacientes de alto risco que dão entrada na instituição. Além dessas usuárias, a maternidade abre as portas para gestantes de outros estados, a exemplo da Bahia, de onde chegaram duas pacientes. 


Huse

No mesmo período, o Pronto Socorro do Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), gerenciado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) e que registrou nesse período 457 atendimentos aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). Desse total, 111 precisaram permanecer internados para novas avaliações.

De acordo com a classificação de risco, nesse final de semana, 196 pessoas foram atendidas na Área Azul. Desse total, 49 continuaram em observação. A Sala de Sutura e a Ortopedia registraram 188 atendimentos no total. Os consultórios do Otorrino e Oftalmo somaram 29 atendimentos e os ambulatórios de Oncologia, Radioterapia e Fisioterapia totalizaram nove casos.

Para a gerente da Área Verde Clínica, Débora Feitosa, o Huse visa garantir um atendimento de qualidade a um maior número de pacientes. “Esse é um dos principais objetivos dos profissionais que atuam nas unidades e que trabalham para agilizar os mais diversos atendimentos, entre clínicos, cirúrgicos, pediátricos, administração de medicamentos e ortopédicos”, ressaltou.

Os motivos de entrada no hospital foram os mais diversos possíveis, entre eles estão o de maiores relevâncias como os acidentes motociclísticos que renderam 33 atendimentos e desses, 15 internações. Foram seis atendimentos a vítimas de acidentes automobilísticos, tendo uma internação. A violência urbana fez 17 vítimas que foram atendidas no Pronto Socorro do Huse, por agressão física, espancamento, arma de fogo e arma branca.

O Hospital Pediátrico Dr José Machado de Souza, localizado no Huse registrou 30 atendimentos no Pronto Socorro infantil, desse total, 14 pequenos pacientes continuaram em observação para avaliação médica e novos exames.

  • Medium 629b7ada7347e92c09c892ddf43105cd
Medium 629b7ada7347e92c09c892ddf43105cd