Logo

Agência Sergipe
de Notícias

Notícia

Hemose capacita profissionais de saúde sobre processos de preparação para transfusão sanguínea

A atividade de educação em saúde integra as ações do calendário de qualificação profissional promovidas pela gerência da Hemorrede do Centro de Hemoterapia de Sergipe (Hemose)
11 de Abril de 2019 | 15:16

Profissionais dos hospitais de Nossa Senhora do Socorro e de Riachuelo, participaram de uma capacitação, nesta quarta-feira (10), sobre os processos de preparação para transfusão sanguínea. A atividade de educação em saúde integra as ações do calendário de qualificação profissional promovidas pela gerência da Hemorrede do Centro de Hemoterapia de Sergipe (Hemose).

O treinamento foi aberto com as explicações prestadas pelo biomédico Jandson Marques, que destacou a importância de coleta da amostra de sangue com a identificação correta do paciente e os testes de imunohematologia que antecedem a transfusão, Sistema ABO, RH, prova cruzada, prova reversa e pesquisa de anticorpos irregulares (PAI). Ele também falou sobre o correto preenchimento da Solicitação Nominal de Hemocomponentes (SNH).

“Após a coleta da amostra, os tubos de ensaio devem ser devidamente identificados para não ocorrer o risco de registrar um dado incorreto. Também é importante esse mesmo cuidado para os testes pré-transfusionais. Esses procedimentos são a primeira fase para realização do procedimento bem sucedido”, ressaltou Marques.

Na segunda etapa das atividades, os técnicos e enfermeiros receberam orientações sobre o ato transfusional e os tipos de reações. O enfermeiro Rodrigo Damasceno falou sobre avaliação clinica e transfusional do paciente, solicitação de componentes do sangue, plaquetas, hemácias e plasma, instalação, acompanhamento de infusão, detecção de reação transfusional e garantia de hemovigilância.

“As solicitações para transfusão de sangue ou componentes são feitas exclusivamente pelos médicos, em formulário de requisição especifico, que é a SNH e deve conter todas as informações para a correta identificação do paciente que irá receber a transfusão sanguínea”, alertou o enfermeiro ao frisar que a medida visa garantir segurança ao ato transfusional.

O treinamento encerrou com apresentações relativas aos cuidados no manuseio dos hemocomponentes, tempo de validade para seu uso, cuidados com armazenamento e transporte para os hospitais.

Capacitações

Para mais informações sobre treinamentos em hemoterapia dos serviços de saúde públicos e privados do Estado de Sergipe, é necessário entrar em contato com a gerência da Hemorrede, no Hemose, de segunda a sexta-feira, no horário, das 8 às 16h, através dos telefones: (79)3225-8000 e 3225-8071.

  • Medium 0f313f853c645bffaca5402cfe05fa3d
  • Medium 9475383ad1f86298d944934292d44cb9
  • Medium a7c53904fb3cac0f23c43c149d2ee027
Medium 0f313f853c645bffaca5402cfe05fa3dMedium 9475383ad1f86298d944934292d44cb9Medium a7c53904fb3cac0f23c43c149d2ee027