Logo

Agência Sergipe
de Notícias

Notícia

Feirinha da Maternidade Nossa Senhora de Lourdes oferece variedades para servidores e pacientes

Desde 2013, a Feirinha da Lourdinha, oferece artigos diversos, de qualidade e com preços modestos, criados e confeccionados pelas colaboradoras, artesãs e doceiras da maternidade
14 de Março de 2019 | 13:47

A Maternidade Nossa Senhora de Lourdes (MNSL), unidade gerenciada pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), deu início nesta quarta-feira (13), à Feira de Artesanato e Variedades do mês de março. O evento segue até hoje (14), até às 19h, no Espaço Solário da instituição, exposto pelas servidoras da MNSL. O objetivo é valorizar a produção local, garantir renda extra e facilitar a compra para os pacientes, acompanhantes e funcionárias.

Desde 2013, a Feirinha da Lourdinha, oferece artigos diversos, de qualidade e com preços modestos, criados e confeccionados pelas colaboradoras, artesãs e doceiras da maternidade. São produtos como peças para enxoval de bebê, roupas para adultos, doces, salgados, entre outros.  

De acordo a expositora da Feira de Artesanato e Variedades, Ednalva Pereira, a feirinha é uma opção maravilhosa. “Possibilita para nós vendedoras uma renda extra, e para funcionários, pacientes e acompanhantes, o acesso fácil de variedades de mercadorias, com preço acessível. Participo da exposição desde o seu início e pretendo continuar, me ajuda bastante na renda familiar”, ressaltou Ednalva.  

“Sou a mais nova vendedora da Feirinha da Lourdinha, está sendo um prazer participar. Hoje trouxe uma novidade para os recém-nascidos, a camisola, como sugestão de uma paciente que estava procurando para o seu bebê, isso e todas as peças foram confeccionadas por mim, com muito amor e carinho”, disse a expositora Vanessa Santos Ferreira.  

Benefício

Para a funcionária da Nutril da MNSL, Antônia Alves de Andrade é uma satisfação ter a exposição. “Aqui tem praticidade, diversidade, qualidade e custo-benefício. E ainda há a possibilidade de encomendas, é fantástico”, comentou Antônia.

 “A feirinha facilitou a minha compra, estava no intervalo do trabalho, dei uma passadinha aqui e encontrei duas roupas de recém-nascidos para presentear a família”, falou a funcionária do setor de manejo, Gilvânia de Carvalho Messias.

  • Medium 45bf645609410818d5ecc885c3d2e621
  • Medium 594450aed27f51f38a80d7a896c5c674
Medium 45bf645609410818d5ecc885c3d2e621Medium 594450aed27f51f38a80d7a896c5c674