Logo

Agência Sergipe
de Notícias

Notícia

Sergipeprevidência assina convênio com Banese

A partir de outubro, os aposentados e pensionistas devem fazer a prova de vida junto Banco de Sergipe para continuar recebendo o benefício
25 de Agosto de 2017 | 08:58

Na tarde da última quinta-feira, 24, o Sergipeprevidência, órgão ligado à Secretaria de Estado do Planejamento (Seplag), firmou parceria com o Banco de Sergipe (Banese), a fim de dar mais segurança ao processo comprovação de vida dos beneficiários.

O diretor financeiro e de tecnologia do Banese, Renato Dantas, explica que a partir de outubro os aposentados e pensionistas devem comparecer às agências aptas a prestar o serviço para fazer a comprovação e, dessa forma, continuar recebendo o benefício.

"A comprovação deve ser feita anualmente, sempre no mês em que o aposentado ou pensionista faz aniversário. Esse processo já é realizado pelo Sergipeprevidência, o que muda agora é que o Banese será responsável por esse trâmite. Essa mudança visa promover uma melhoria na segurança, o que deve impedir possíveis tentativas de fraudes ou quaisquer outras irregularidades", detalha Renato.

Para José Normando, diretor financeiro do Sergipeprevidência, esse convênio trará  grande benefício aos cofres públicos, uma vez que diminui as chances de recebimento indevido. "A grande vantagem da prova de vida é que ela evita que outras pessoas recebam no lugar de um aposentado ou pensionista já falecido. Agora, sempre no mês em que se faz aniversário, quem recebe deve fazer o cadastramento junto ao Banese para garantir a continuidade", reforçou.

Segundo o diretor do órgão José Roberto, a parceria com o Banese já vinha sendo estudada pelas duas instruções e, finalmente, será praticada em breve. "O Banese sempre se mostrou muito parceiro e não foi diferente agora. A atuação dele nesse caso será de grande ajuda em nossa gestão, pois são mais de 30 mil beneficiários que temos cadastrados em nosso sistema", justificou.

Além disso, Roberto garante ninguém será prejudicado com essa mudança. "Os aposentados e pensionistas que tiverem mais de 80 anos, ou aqueles que não puderem fazer a prova de vida pessoalmente, basta requisitar para que o o cadastro seja feito na própria residência do beneficiário", complementou.

  • Medium fcefa4489102003bd6ec3e7d8f1e06a2
  • Medium 8de2e8341c418c4716733e58af921ed1
  • Medium 5b4e5529dee911c3c8e556261055baf8
  • Medium 78405cc7a84266a9d8957682f2e02aa9
  • Medium f8295bdd9dd2b6dc7d806d160800923e
Medium fcefa4489102003bd6ec3e7d8f1e06a2Medium 8de2e8341c418c4716733e58af921ed1Medium 5b4e5529dee911c3c8e556261055baf8Medium 78405cc7a84266a9d8957682f2e02aa9Medium f8295bdd9dd2b6dc7d806d160800923e