Logo

Agência Sergipe
de Notícias

Notícia

Furtos aos equipamentos de iluminação causam apagões na Orla de Atalaia

O secretário diz que além das diversas formas de depredações e pichações, os danos causados na iluminação da orla têm sido alarmantes
10 de Dezembro de 2018 | 14:00

A iluminação em diversos pontos da área de lazer da Orla de Atalaia tem sido prejudicada em virtude do furto de cabos, fiações, lâmpadas, luminárias e até alguns refletores. No início da semana passada, equipes contratadas pela Secretaria de Estado da Infraestrutura e do Desenvolvimento Urbano (Seinfra), que é responsável pela manutenção dos equipamentos e área de lazer dos 6 km de extensão sob responsabilidade do governo do Estado, executaram a instalação de novos cabos elétricos em substituição aos itens furtados.

De acordo com o secretário Estadual da Infraestrutura, Valmor Barbosa, na última quarta-feira, 05, os vândalos agiram novamente. “Elementos desconhecidos quebraram duas caixas de passagem e furtaram 105 metros de cabos de 16 e 35 milímetros, além dos basculantes dos banheiros, o que ocasionou apagões em um trecho da Passarela do Caranguejo”, explica. 

Ele acrescenta que os prejuízos tiveram continuidade. “Do início da manhã até as 20h da quinta-feira, 06, os profissionais fizeram a substituição dos cabos e acrescentaram 15 metros de fiação. Porém, ao fazer a verificação matinal na manhã da sexta-feira, 07, um dos encarregados pela fiscalização constatou que, mais uma vez, as caixas de passagem que haviam sido concretadas foram quebradas e, dessa vez, sendo furtados os 120 metros repostos no dia anterior”, relata.

O secretário diz que além das diversas formas de depredações e pichações, os danos causados na iluminação da orla têm sido alarmantes. “Há cerca de três semanas furtaram a fiação dos canteiros ao lado do monumento dos formadores de nacionalidade, das fontes luminosas e uma parte no local onde estão instaladas as esculturas de personalidades sergipanas, além de lâmpadas e luminárias em outros espaços, causando apagões em vários trechos e em diversos refletores”, ressalta.

Valmor Barbosa reitera que a situação chegou a um ponto insustentável. “O governo do Estado tem feito o que lhe compete, não apenas na manutenção dos equipamentos urbanos sob nossa responsabilidade, como também em toda a parte de iluminação. Prestamos os Boletins de Ocorrência, no entanto, ainda na sexta-feira (07), iniciamos a substituição dos refletores dos postes nas proximidades da pista de patinação por outros de maior potência, mas não sabemos por quanto tempo eles ficarão livres das ações de vandalismo. Não bastassem os furtos dos cabeamentos, o número de ambulantes que furtam energia dos transformadores fazendo o popularmente conhecido ‘gato’ para instalarem em suas barracas e carrinhos de venda por toda a extensão da orla aumentou consideravelmente, razão esta para que a ocorrência de apagões tenha se tornado um ato corriqueiro”, afirma.


 

  • Medium 1e302c8e028edd26f889c589b179b04a
  • Medium 2ffd15cb81577fb90330d542cf596302
  • Medium 41d4e995ab74dba86344dc86d7286516
  • Medium 993d53ba99e15f81c6e3338cc79f1ab5
  • Medium 4e335b54a59fb23d9cabf9e3ec11e072
Medium 1e302c8e028edd26f889c589b179b04aMedium 2ffd15cb81577fb90330d542cf596302Medium 41d4e995ab74dba86344dc86d7286516Medium 993d53ba99e15f81c6e3338cc79f1ab5Medium 4e335b54a59fb23d9cabf9e3ec11e072