Logo

Agência Sergipe
de Notícias

Notícia

Alunos da rede estadual podem se inscrever no Programa Centelha que incentiva cultura do empreendedorismo

Inscrições para o Programa Centelha já estão abertas e podem ser feitas por qualquer pessoa acima de 18 anos que tenha uma ideia inovadora
13 de Junho de 2019 | 09:14

Os alunos da rede estadual de ensino que têm ideias inovadoras e querem transformá-las em um empreendimento já podem participar do Programa Nacional de Apoio à Geração de Empreendimentos Inovadores (Centelha-SE). O edital do programa foi lançado pelo Governo do Estado e pela Fundação de Apoio à Inovação Tecnológica (Fapitec) e pode ser acessado através do site: http://www.programacentelha.com.br/se/

A Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc), juntamente com a Fapitec, tem feito uma ampla divulgação do programa nas Diretorias Regionais de Educação. Na manhã dessa quarta-feira (12), a ação foi realizada no auditório do Colégio Estadual Silvio Romero, em Lagarto, município sede da DRE 2, e contou com a presença de coordenadores pedagógicos e professores de unidades de ensino da Regional.

A coordenadora executiva de apoio e desenvolvimento de programas da Fapitec, Ana Flávia Menezes, explicou que o Programa Centelha é uma iniciativa do Governo Federal que visa incentivar a cultura do empreendedorismo em todo o território nacional. O objetivo central é transformar ideias inovadoras em empreendimentos de sucesso, e qualquer pessoa que tenha mais de 18 anos e tenha uma ideia inovadora pode participar.

"Queremos disseminar, criar e fortalecer a cultura empreendedora. Hoje os alunos ficam atrelados basicamente a duas vertentes: ou ficam na graduação e vão lecionar, ou vão para o mercado de trabalho. A nossa ideia é que esses jovens montem seu próprio negócio. Sabemos que boas ideias podem surgir de qualquer pessoa e de qualquer idade. Nós sempre participamos de feiras científicas desse público de ensino médio e vemos novas ideias, belíssimos trabalhos", disse.

Segundo Ana Flávia, o valor global do programa foi de R$ 1,2 milhão, sendo R$ 900 mil de recursos do Governo Federal e R$ 300 mil de recursos estaduais. "Pretendemos aprovar até 23 ideias inovadoras. Cada uma dessas startups receberá até R$ 53 mil não reembolsáveis. Este recurso será destinado para tirar a ideia do papel e colocar em prática", afirmou.

O técnico do Serviço de Educação Profissional (Sepro/Seduc) e avaliador do programa, professor Ronaldo Linhares, falou sobre a importância de desenvolver a cultura da inovação entre os jovens. "Estamos vivenciando um período de capitalismo cognitivo, que vive a partir de ideias, softwares, sistemas, ambientes digitais. O Centelha vai financiar e apoiar grandes ideias que possam vir a se transformar em ações, modelos, produtos, e que possam deslanchar em empresas de inovação e tecnologia, que gerem empregos e provoquem uma terceira via de desenvolvimento econômico em Sergipe. Temos alunos e professores do ensino médio desenvolvendo projetos científicos e ações brilhantes", declarou.

Incentivo ao empreendedorismo e à inovação

Os participantes do encontro se mostraram entusiasmados com o Programa Centelha, que irá incentivar a cultura do empreendedorismo e da inovação entre os estudantes. Foi o que disse Daniela Santos Silva, diretora da DRE 2. "O jovem do ensino médio precisa abrir seus horizontes em relação ao que o mundo oferece. A proposta de desenvolvimento do empreendedorismo social e criação de startup é o contexto atual do mundo moderno, e os jovens precisam estar inseridos nisso. Em nossas escolas temos jovens com ideias bastante inovadoras e o Projeto Centelha vai financiar o desenvolvimento delas. Então essa é uma oportunidade de os alunos amadurecerem nesse campo e criarem coisas interessantes que venham a favorecer a rede estadual de educação", disse.

Isis Naiara Fonseca de Oliveira, coordenadora do Colégio Estadual Antônio Fontes Freitas, de Riachão dos Dantas, elogiou a iniciativa. "Achei muito interessante porque o incentivo é primordial para o desenvolvimento. Às vezes os alunos têm boas ideias, mas não têm o incentivo e os recursos para levar isso adiante", afirmou.

Rosália Dória de Andrade, coordenadora do Colégio Estadual Monsenhor Juarez Santos Prata, de Lagarto, compartilhou a mesma opinião. "Acredito que depois da inserção das novas tecnologias, que foi um marco na educação, a gente está vendo a importância dessa cultura empreendedora. Já estou visualizando os alunos na minha escola criando esses projetos inovadores. Nós vamos divulgar esse projeto nos colégios e na comunidade, para ver se conseguiremos inscrever novas ideias", declarou.

A técnica do Serviço de Ensino Médio (Semed/Seduc) e avaliadora do programa, Patrícia Morgana, disse ser importante que haja o máximo de inscrições possível por parte dos estudantes da rede estadual. "A escola só tem a ganhar com esse programa, que é muito inovador e busca o empreendedorismo, algo que hoje em dia está em alta. Temos que divulgar e incentivar os alunos a se inscreverem e participarem", disse.

Iara Lisboa de Matos, professora de Química do Colégio Estadual Severiano Cardoso, de Boquim, também se mostrou entusiasmada com o programa. "Acredito que existem muitas ideias boas que estão perdidas e que precisam ser resgatadas. Às vezes os alunos não dão tanta importância para determinadas ideias que possam resolver um problema que satisfaça a sua comunidade e o seu ambiente. Esse programa visa resgatar essa cultura empreendedora e fazer com que eles entendam que pequenas ideias podem se tornar grandes empresas, grandes produtos. Que eles vejam que há várias oportunidades disponíveis nas quais eles podem investir", declarou.

  • Medium 6126e511e9b700eaabfc851f168ab6f7
  • Medium c7c3e8d6d18513967591d39e85be06aa
  • Medium c0f33d9f01ea359c486da0ac5aba1a67
  • Medium f4da55a0d2acb53fd496a9d0aaaf291c
  • Medium 9a44539d23924a7054387ebc9ac16120
  • Medium 36e722d19a37eb02674c8d5a3828a4fd
  • Medium 79562309b75c09c57dcf9f4af49a4548
  • Medium c856e9ac1b0d1dc18ff00709dcc291f0
Medium 6126e511e9b700eaabfc851f168ab6f7Medium c7c3e8d6d18513967591d39e85be06aaMedium c0f33d9f01ea359c486da0ac5aba1a67Medium f4da55a0d2acb53fd496a9d0aaaf291cMedium 9a44539d23924a7054387ebc9ac16120Medium 36e722d19a37eb02674c8d5a3828a4fdMedium 79562309b75c09c57dcf9f4af49a4548Medium c856e9ac1b0d1dc18ff00709dcc291f0