Logo

Agência Sergipe
de Notícias

Notícia

Operação Tapa-Buraco já contemplou 150 km de rodovias

Em pouco menos de duas semanas de execução quase 10% das rodovias pavimentadas do estado já receberam o serviço 
03 de Maio de 2019 | 14:53

“Há algum tempo era difícil passar por aqui. Agora, já deu uma melhorada boa e consigo fazer meu trabalho com mais rapidez”. A declaração é do comerciante Jorge Celestino, do município de Campo do Brito, na região Agreste do estado. Assim como ele, diversos outros moradores, que trafegam diariamente pelas rodovias estaduais, começam a perceber os pontos positivos da Operação Tapa-Buracos, iniciadas pelo Governo de Sergipe há algumas semanas.

Ao todo, o estado possui 4 mil quilômetros de rodovias. Desse total, 2200km são pavimentadas. Desde que a Operação começou, 150km já foram contemplados pela série de serviços. Incluindo a SE-170, no trecho entre os municípios de Campo do Brito e Lagarto. Os trabalhos são executados pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade (Sedurbs), por meio do Departamento Estadual de Infraestrutura Rodoviária de Sergipe (DER/SE).

Morador do povoado Gameleira, município de Campo do Brito, Elenaldo Rocha conta que, antes de receber a Operação, a rodovia estava em péssimas condições e, segundo ele, não era raro ocorrer acidentes automobilísticos. “A cobertura dos buracos tem melhorado muito a passagem por aqui e as pessoas têm voltado a frequentar o povoado e, graças a Deus, não tem mais acidente”, afirma.

Opinião semelhante é a do agricultor Domingos Santos, que mora no povoado Pilambe, na mesma região. “Já é uma ajuda grande pra gente que passa aqui todo dia. Principalmente porque ando de moto e, antes, a buraqueira era terrível”, relata. “Como cobriram todos os buracos da cidade até a entrada do povoado, está muito mais fácil passar”, acrescentou sua esposa, a dona de casa Adriana Souza Santos.

O secretário de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade, Ubirajara Barreto, revela que a Operação visa, entre outras coisas, trazer satisfação ao povo sergipano. “O objetivo da operação é melhorar o tráfego nas rodovias, garantindo a segurança e a mobilidade. Estamos utilizando o concreto asfáltico usinado quente, veículos, máquinas, além de uma equipe composta por quase 100 trabalhadores, entre prestadores diretos e indiretos”, informa.

Além disso, o gestor acrescenta que os serviços contemplam todas as regiões. "Estamos realizando os reparos necessários nas rodovias do estado que precisam de intervenção. A operação tapa-buracos começou há duas semanas e vai durar até que todas as rodovias estaduais sejam contempladas. Estamos empenhados em garantir melhorias na mobilidade".

Ação do tempo

De acordo com a Sedurbs um dos principais fatores que acarretam a degradação das rodovias é o tempo. Aliado a isto, as questões climáticas também trazem transtornos. “Grande parte da malha viária foi construída há mais de três décadas, e o processo de manutenção e recuperação não acompanharam o desenvolvimento, com o crescente número de veículos, sobretudo os de carga pesada, aliado aos fatores climáticos, o desgaste nas estradas aumenta, mas o Governo do Estado está trabalhando para melhorar esse quadro", garante Ubirajara.  

“O Governo segue empenhado em resolver essa problemática. Por isso, estamos investindo R$ 400 mil mensalmente nessa Operação”, complementa o diretor-presidente do DER, Ancelmo Souza.

  • Medium 714a0273db51912582f14fb4d9c92b5f
  • Medium 9a6a5a15cd77f59225733ef6ec391e73
  • Medium 75dd1705543a39f5d61d18ef04fbef64
  • Medium 6612baaafb72ae6176a943cfa3985186
  • Medium f21d286daaf1f3b044c9a4f2cc584bb3
  • Medium 02640bf7fe9c5072a18fe5a01dfbc0bd
  • Medium 22eabd859c3bb95c3b3596deda7d1f65
  • Medium f505a9e170558cfd3a3bb311e55b93da
  • Medium b9a00dbd7deb6aeaf80d80b1229d8b7d
  • Medium e1f3f7831b4aed8a6364c90a853878f6
Medium 714a0273db51912582f14fb4d9c92b5fMedium 9a6a5a15cd77f59225733ef6ec391e73Medium 75dd1705543a39f5d61d18ef04fbef64Medium 6612baaafb72ae6176a943cfa3985186Medium f21d286daaf1f3b044c9a4f2cc584bb3Medium 02640bf7fe9c5072a18fe5a01dfbc0bdMedium 22eabd859c3bb95c3b3596deda7d1f65Medium f505a9e170558cfd3a3bb311e55b93daMedium b9a00dbd7deb6aeaf80d80b1229d8b7dMedium e1f3f7831b4aed8a6364c90a853878f6