Logo

Agência Sergipe
de Notícias

Notícia

Obra da Edise retrata a educação no sertão sergipano

O lançamento será realizado no dia 24 de outubro, às 17h, no Museu da Gente
23 de Outubro de 2017 | 12:11

Educar não é uma tarefa fácil. É necessário muita dedicação, criatividade e amor pelo que se faz. A nova obra da Editora Diário Oficial de Sergipe (Edise), ‘Educação no Sertão: Memórias e Experiências das Professoras no Alto Sertão Sergipano (1950-1970)’, trata justamente disto, trazendo à tona os percalços enfrentados pelas educadoras sertanejas que se fizeram professoras e deram inicio ao campo educacional no sertão de Sergipe. De autoria da professora Mestre em Educação, Cacia Valeria de Rezende, a obra já tem data de lançamento marcada para o dia 24 de outubro, às 17h, no Museu da Gente Sergipana Gov. Marcelo Déda, em Aracaju.

Mesmo contrariando os normativos legais que exigiam formação específica e matérias didáticas condizentes à pedagogia moderna, as 21 mulheres educadoras que tem seus relatos presentes nesta obra, refletem uma das muitas faces do povo sertanejo que, além de sobreviver às dificuldades impostas à época, cria e recria alternativas para se compor e recompor a cada obstáculo.

Fruto de sua dissertação de Mestrado defendida no Programa de pós-graduação da Universidade Tiradentes (Unit), a obra de Cacia Valeria divide o período de vinte anos (1950 a 1970) em três capítulos. Além de contar com fontes orais, o livro também dispõe de uma grande carga histórica e teórica, com fontes documentais e um rico acervo fotográfico. 

Segundo a autora, ao todo foram ouvidas três professoras em cada uma das sete cidades do alto sertão sergipano, extraindo informações sobre a realidade da educação na época em que lecionavam. “Fiquei impressionada com as fortes histórias destas mulheres que venceram as adversidades enfrentadas naquelas décadas. Algumas delas lecionavam nos três turnos do dia de forma exemplar, onde buscavam sempre opções para a melhora deste ensino e ainda davam conta de cuidar de seus filhos. Então, este livro vem justamente para mostrar como se deu todo o processo educacional e a importante contribuição destas mulheres”, explicou.

Para o presidente da Empresa de Serviços Gráficos de Sergipe (Segrase), Ricardo Roriz, a obra de Cacia Valeria é mais uma importante publicação da Editora do Estado. “Mais uma vez a Edise cumpre o seu papel, trazendo para a população uma obra com uma temática tão relevante e que sem dúvidas será uma grande contribuição para o mercado literário sergipano”, afirmou.

A autora

Natural de Nossa Senhora da Glória, Cacia Valeria de Resende é formada em Pedagogia e História pela Unit, possui pós-graduação em Psicopedagogia Clínica e Institucional pela Faculdade São Luís de França e Docência e Tutoria em Ensino a Distância e professora Mestre em Educação pela Unit. Além disso, é membro da Academia Gloriense de Letras e está cursando Pós-Graduação em Educação Empreendedora Pontifícia Universidade Católica (PUC).   

  • Medium 7b83ca272484c8f073608f702dcc538e
  • Medium 8fab1f0c551610e2eb739e40dcf33bfd
Medium 7b83ca272484c8f073608f702dcc538eMedium 8fab1f0c551610e2eb739e40dcf33bfd